Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Paraguaçu Paulista, terça-feira, 16 de agosto de 2022 Telefone (18) 3361-9100

Atendimento Atendimento: Atendimento ao público, de segunda-feira a sexta-feira, das 8 horas às 11 horas e das 13 horas às 16h30. 

Terç
16/08
Predomínio de Sol
Máx 32 °C
Min 17 °C
Índice UV
7.0
Quar
17/08
Chuva
Máx 25 °C
Min 17 °C
Índice UV
7.0
Quin
18/08
Chuva
Máx 22 °C
Min 17 °C
Índice UV
7.0
Sext
19/08
Nublado
Máx 18 °C
Min 11 °C
Índice UV
7.0

Meio Ambiente e Agricultura - Segunda-feira, 01 de Abril de 2019

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Programa de troca de óleo de cozinha usado por óleo novo é realizado em Paraguaçu

A próxima troca será no dia 24 de abril na antiga CEAGESP; o óleo jogado no meio ambiente libera o gás metano que, além do mau cheiro, agrava o efeito estufa.


Assessoria de Comunicação da Prefeitura – Silvana Paiva

 

01/04/2019 – 16h01

 

A Prefeitura de Paraguaçu Paulista segue com o programa de troca de óleo de cozinha usado junto à população. O programa, por meio da iniciativa do Departamento de Agricultura, Meio Ambiente, Urbanismo e Habitação, é realizado toda última quarta-feira do mês, sendo a última vez no dia 27 de março e a próxima será no dia 24 de abril. O ponto de coleta do óleo usado é na antiga CEAGESP, à Rua Alameda Porto, 209, no Jardim Panambi.

De acordo com Ana Flávia Vieira Lima, do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, “os munícipes interessados em aderir ao programa, deverão juntar duas garrafas pet com dois litros de óleo de cozinha usado em cada garrafa, e levar na Ceagesp toda última quarta-feira do mês, onde trocarão por uma garrafa de 900ml de óleo novo”.

 

Para não contaminar a água

O óleo de cozinha, quando retido no encanamento, causa entupimento das tubulações e faz com que seja necessária a aplicação de diversos de produtos químicos para a sua remoção. Se não existir um sistema de tratamento de esgoto, o óleo acaba se espalhando na superfície dos rios e das represas, contaminando a água e prejudicando a vida de muitas espécies que vivem nesses habitats.

O diretor do Departamento de Departamento de Agricultura, Meio Ambiente, Urbanismo e Habitação, Sérgio Pascoal de Campos, esclarece que com um litro de óleo é possível contaminar 20 mil litros de água. “Se acabar no solo, o líquido pode impermeabilizá-lo, o que contribui com enchentes e alagamentos. Além disso, quando entra em processo de decomposição, o óleo libera o gás metano que, além do mau cheiro, agrava o efeito estufa”, destacou o diretor Sérgio.

 

 

FOTO

A próxima troca será no dia 24 de abril na antiga CEAGESP (Foto: Depto. Agricultura/Cedida)

 

 

 

 

 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Versão do sistema: 2.0.0 - 12/08/2022

Portal atualizado em: 16/08/2022 13:48:12

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Paraguaçu Paulista - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.