Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Paraguaçu Paulista, terça-feira, 19 de outubro de 2021 Telefone (18) 3361-9100

Atendimento Atendimento: Atendimento ao público, de segunda-feira a sexta-feira, das 8 horas às 11 horas e das 13 horas às 16h30. 

Ter
19/10
21 °C
16 °C
Índice UV
13.0
Quar
20/10
19 °C
11 °C
Índice UV
13.0
Quin
21/10
23 °C
11 °C
Índice UV
13.0
Sext
22/10
28 °C
13 °C
Índice UV
13.0

Saúde - Terça-feira, 14 de Setembro de 2021

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Laboratório de Zoonoses de Paraguaçu é credenciado

Município avança no enfrentamento da leishmaniose visceral canina


Laboratório de Zoonoses de Paraguaçu é credenciado

                                                                             Redação: Vigilância em Saúde

 

Um grande desafio foi vencido! Um passo muito importante foi dado! Essas foram as palavras ditas pelo Prefeito Antonio Takashi Sasada (Antian), na manhã desta segunda-feira, dia 13 de setembro, quando o Laboratório de Diagnóstico de Zoonose da Prefeitura Municipal foi oficialmente credenciado pelo Estado de São Paulo. A luta para a instalação e credenciamento deste laboratório acontece desde 2017, e só agora depois de muito empenho da Prefeitura Municipal, do Departamento de Saúde e da equipe da Vigilância em Saúde, conseguiu ser concretizado. O credenciamento oficial aconteceu durante a visita da Assistente Técnica de Pesquisa e sub-rede do Estado pelo Instituto Adolfo Lutz, Patrícia de Fátima Florêncio Henschel, que atua no controle da leishmaniose visceral humana e canina. Patrícia destacou que muitas cidades da região ainda não podem contar com um laboratório próprio e que Paraguaçu sai na frente no enfrentamento da doença. Ela destacou ainda sobre a importância para o município essa conquista, que a partir de agora terá a possibilidade de enfrentamento mais direto contra a leishmaniose.



“A luta para a implantação desse laboratório acontece desde 2017. Inicialmente os gestores da época, tentaram montar o laboratório na Faculdade de Agronomia, não deu certo, depois a tentativa foi que ele fosse instalado no Departamento de Saúde, mas também não foi possível. Agora chegar aqui e ver esse laboratório pronto e equipado para funcionar é muito gratificante”, “ O laboratório é uma proposta do Estado para a descentralização dos resultados dos municípios. Com isso, Paraguaçu sai na frente de muitos outros municípios. A cidade já tem transmissão de leishmaniose canina confirmada desde 2017 e agora vamos ter um avanço muito grande, porque o diagnóstico será rápido e assim conseguimos controlar os focos de infecção e evitar que a leishmaniose contamine a população. A comunidade de Paraguaçu terá um grande ganho com esse investimento”, finalizou.



O Prefeito destacou que foi um grande desafio a ser enfrentado e ver ele pronto já podendo dar frutos é gratificante. Ele destacou ainda que agora com o teste rápido e com a agilidade no diagnóstico o município terá uma importante arma na luta contra essa doença de grande gravidade.



“Recebemos esse desafio e decidimos enfrentar e vencer. Nós fizemos isso para poder cuidar da nossa população, essa sempre foi e será a nossa maior preocupação. Poder contar com um local como esse que facilitará o diagnóstico da doença nos possibilitará criar estratégias para o combate direto a leishmaniose e ao seu transmissor o mosquito palha” e completou “Não podemos deixar de destacar a importância que cada cidadão tem nessa importante batalha, nos ajudando e mantendo seus quintais sempre limpos e livres das matérias orgânicas que são os principais locais de criadouros do inseto que transmite a doença”.



Estiveram também presentes durante a visita de credenciamento o Diretor do Departamento de Saúde, Egydio Tonini Nogueira Neto, o Chefe de Gabinete, Libio Taietti Junior, as Médicas Veterinárias , Iraciana Messias de Paiva e Ana Beatriz Pinto Costa e a Assistente do Departamento de Saúde, Cintia Alfredo Funabashi.



A leishmaniose é uma doença grave e tem como principal hospedeiro os cães, ela pode ser transmitida para o homem através da picada do mosquito palha. Ela pode ser tratada mas não a cura, no ser humano a doença pode levar a morte e pouco tempo.

 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Paraguaçu Paulista - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.