Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Saúde - Sexta-feira, 04 de Outubro de 2019

OUTUBRO ROSA: Saúde de Paraguaçu promove ações para prevenção do câncer de mama em todas as unidades de Saúde


Assessoria de Comunicação da Prefeitura – Silvana Paiva

04/10/2019 – 14h30

 

Todos os anos, a campanha Outubro Rosa, iniciada dia 1º, busca conscientizar sobre a importância da prevenção e do tratamento correto do câncer de mama. Em Paraguaçu Paulista, o Departamento de Saúde tem desenvolvido ações para orientações a respeito dos sintomas, prevenção e tratamento do câncer de mama em todas as unidades de saúde do município.

A diretora municipal de Saúde, Cristiane Bonfim, informa que o Outubro Rosa é uma campanha anual para alertar sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama e que, embora a mamografia a partir dos 40 anos seja essencial para o diagnóstico precoce, “a adesão a este exame de imagem é ainda um dos entraves para vencer a doença”.

Com cerca de 60 mil novos casos por ano no Brasil, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e o segundo no país, ficando atrás apenas do de pele não melanoma. “Mas o diagnóstico não é o fim, as chances de cura chegam a 95% dos casos quando o tumor é detectado no início”, destacou Cristiane.

A Pesquisa Nacional de Saúde 2013 (PNS), a mais recente disponível no Brasil, aponta que 3,8 milhões de mulheres de 50 a 69 anos nunca realizaram mamografia, o que corresponde a 18,4% da população feminina nessa faixa etária. O maior índice entre as grandes regiões fica no Norte (37,8%), contra 11,9% do Sudeste, que tem a menor taxa.

Todas as mulheres acima dos 40 anos devem realizar mamografia

A adesão à mamografia precisa ser antecipada entre mulheres com histórico de câncer na família, ou seja, cujas mães, avós ou irmãs tiveram câncer de mama. “Cerca de 10% dos casos de câncer de mama estão associados a fatores genéticos hereditários”, explica Cristiane. “Nessas situações, o controle preventivo deve ser iniciado antes mesmo dos 40 anos por conta do risco aumentado”, orienta a diretora de Saúde.

Sinais de câncer e mama

A característica mais comum da doença é o surgimento de um nódulo nas mamas ou axilas geralmente indolor. Além disso, o paciente pode apresentar outros sinais menos frequentes; veja abaixo:

Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo)

Edema (inchaço) da pele

Eritema (vermelhidão) na pele

Inversão do mamilo

Assimetria das mamas

Espessamento ou retração da pele ou do mamilo

Secreção pelos mamilos

Inchaço do braço

Dor na mama ou mamilo

Como reduzir o risco do câncer de mama

A prevenção do câncer de mama não é totalmente possível em função dos múltiplos fatores relacionados ao surgimento da doença e ao fato de vários deles não serem modificáveis, mas além de realizar exames preventivos com frequência, a adoção de alguns hábitos de vida saudáveis, podem diminuir o risco; são eles:

Manter uma dieta balanceada, rica em frutas e vegetais e com pouca gordura;

Praticar atividades físicas regulares, pelo menos por 1 hora, 3 dias por semana;

Evitar sobrepeso;

Evitar fumar;

Quando amamentar, fazê-lo pelo maior número de meses possível;

Evitar ingestão alcoólica excessiva, mais de três drinques de alto teor alcoólico por dia.

De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama.

Ainda de acordo com um levantamento feito por instituições brasileiras e americanas, em parceria com o Ministério da Saúde, 12% das mortes causadas pela doença no Brasil poderiam ser evitadas caso as mulheres praticassem atividades físicas regularmente.

Tratamento para câncer de mama

Para o tratamento de câncer de mama, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece todos os tipos de cirurgia, como mastectomias, cirurgias conservadoras e reconstrução mamária, além de radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e tratamento com anticorpos. O tipo de terapia ou modalidade escolhida para tratar a doença irá depender de vários fatores, como a localização do tumor, o tipo e a extensão da doença.

 

FOTO:

 

Em Paraguaçu Paulista, o Departamento de Saúde tem desenvolvido ações para orientações a respeito dos sintomas, prevenção e tratamento do câncer de mama em todas as unidades de saúde do município, em celebração ao Outubro Rosa (Foto: Silvana Paiva)

 

 

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...

TELEFONES PÚBLICOS

Prefeitura Municipal
  • Tel: (18) 3361-9100
Assistência Social
  • Tel: (18) 3361-6770
Departamento Municipal de Saúde
  • Tel: (18) 3361-9910

Ver todos os telefones...

NEGOCIE SUA DÍVIDA.